Juninho Crivelari vai focar no Mundial em Las Vegas, em outubro. Foto: Fernando Cidral

O lutador de jiu-jitsu Juninho Crivelari está de volta, Ele está em Jundiaí depois de dois meses na Europa. Atual campeão europeu de Jiu-jitsu, ele conquistou vários títulos no seu tour europeu.

Na Itália, foi campeão do Roma Open na categoria máster peso leve e campeão europeu sem quimono. No Poznań International Open, em Poznan, na Polônia, conquistou o título de quimono e sem quimono na sua categoria e no absoluto. Na Espanha, em Barcelona, foi prata no Internacional Master. Juninho ainda passou por Portugal, onde fundou inaugurou uma filial de sua academia CheckMate, e Dinamarca, onde ministrou aulas e treinos.

“Esta minha viagem para a Europa foi muito produtiva. Só não foi 100%, porque fiquei com a prata na Espanha. Embora já conheça o pessoal lá, sempre aprendo algo. O tempo que fiquei lá foi importante para eu ter um momento sozinho de oração e pensamentos positivos”, afirma Juninho.

Juninho foi campeão do Roma Open na categoria máster peso leve

O atleta mira agora o Mundial de Master, que acontece em outubro em Las Vegas, nos Estados Unidos. “Agora tudo será focado nesta competição. Meu objetivo é buscar o ouro lá. Ano passado eu competi e cai na segunda luta. Vou me preparar muito para buscar o título”, conta.

Frustação

A única coisa que Juninho lamenta de sua viagem para Europa, foi o fato de não acompanhar seus filhos no Brasileiro de jiu-jitsu, que ocorreu em Barueri no final de abril. João Bento, de 11 anos, e Felipe Bento, de 10, foram terceiros lugares na suas respectivas categorias. “Ficar longe deles é dolorido. Eles são dedicados e vão ficar melhor do que o pai no jiu-jitsu”, conclui.

Juninho conta com apoio do Yaksoba Brasilç, Açai da Cidade, MCamilo Consultoria, Anti-Action Skate Board, Extreme Force, Bom da Picanha, Predator, MM House e Moka Kimonos.