Foto: Ronaldo Ferreira

A história de amor de Antonio Carlos Rossi, o Sabiá, 41 anos e Fernanda Torres de Oliveira, 39 anos, vem de bastante tempo. Eles estão juntos há 20 anos. E o amor entre eles rendeu três filhos – Bruno, 14 anos, Jose Victor, 12 anos e Lucas, 5 anos. Como toda boa família, eles são muito unidos. E o que move este quinteto e abastece esta união e o amor é o esporte.

Sabiá tem uma vida ligada ao skate, esporte que pratica há 31 anos. Nos últimos, três uma nova paixão, o jiu-jitsu, entrou na sua vida e ‘contaminou’ sua família inteira. A mulher, Fernanda, começou na arte marcial há um ano e já disputa competições. Os três filhos do casal e dividem entre o skate e o jiu-jitsu e também já se arriscam nos torneios. A família mora em Campo Limpo Paulista, tem empresa (AntiActionSakateboards) em Jarinu e treina em Jundiaí com Juninho Crivelari.

No skate, Sabiá disputou muitos campeonatos, como Paulista, Brasileiro ou Mundial e chegou a ficar entre os 15 primeiros noLatin Games. No jiu-jistu, neste ano, foi bronze na 1º etapa do Paulista (FPJJ), bronze Brasileiro (CBJJ), campeão no Peso do Curitiba Open Internacional, bronze no Absoluto do Curitiba Open Internacional e vice-campeão na 2ª etapa do paulista (FPJJ).

Casal faz sucesso no jiu-jitsu. Foto: Fernando Cidral

O jiu-jistu entrou na vida de Sabiá em uma fase difícil. “Tive uma lesão na vértebra e nesta fase engordei muito e perdi até meus patrocínios. Um amigo de Campinas, Beto Ortiz, me convidou para treinar e, mesmo no começo tendo medo de me lesionar novamente, acabei gostando. È um esporte, que assim como o skate, só depende de mim, nunca fui de esporte coletivo”, disse Sabiá.

Com o pai de exemplo, os filhos começaram a frequentar também as aulas de jiu-jitsu. A mãe, Fernanda, os levava e nesta acabou se interessando. “Vinha trazê-los e ficava olhando. Resolvi começar a treinar e gostei. A brincadeira acabando ficando séria. Perdi 30kg em dois anos. A qualidade de vida é outra e a mudança foi feita a longo prazo”, disse.

Fernanda e os filhos no tatame. Fotos: Fernando Cidral

Fernanda foi campeã das duas etapas do Paulista (FPJJ) e porconsequência Campeã antecipada do Circuito Paulista da FPJJ, bronze no Brasileiro (CBJJ) e Campeã Open Internacional de Curitiba. “Meus filhos brincam que a rotina deles é levantar, ir para escola e depois ir para academia. Mas todo mundo gosta. Não importa se no skate ou no jiu-jitsu, estamos sempre unidos”, afirma Fernanda.

A família tem apoio da Vibe Academia, Juninho Crivelari,  Balance Treinamento Personalizado, Cirúrgica Jundiaiense, Vans Brasil, AçaiTapioca e Cia, Academia IromMax e Abbott.

Bruno no skate Foto: Rodrigo Kbeça
Victor. Foto: Giovanni Sacco
Lucas. Foto: Giovanni Sacco