O Complexo Dr. Nicolino de Lucca, o Bolão, vai sediar o 17º Festival Especial Regional de Atletismo (Fera), que acontece no dia 12 de abril (quarta-feira), a partir das 8h30. O Fera vai contar com diversos atletas de 15 entidades que desenvolvem atividades voltadas à pessoa com deficiência, além de atletas do Programa de Esportes e Atividades Motoras Adaptadas (Peama) da Prefeitura.

Com o objetivo de promover a inclusão e incentivar a prática de esportes para pessoas que possuem algum tipo de deficiência, o Festival é voltado para iniciantes que tenham ou não alguma vivência esportiva, mas também recebe atletas mais experientes.

As provas do Festival serão divididas em categorias e por tempo de prática de cada atleta, para que todos os participantes estejam em igualdade. Ao final do dia, todos os atletas ganham uma medalha e as entidades levam um troféu. O 17º Fera será composto por duas provas do atletismo: corrida e arremesso de pelota.

O Peama vai levar para o Festival 40 de seus atletas iniciantes, que praticam atividades que compõem o atletismo, e aguardam ansiosamente pelo dia de mostrar suas habilidades. Cada um realiza as provas à sua maneira, seja com a ajuda de muletas, bengalas, andadores ou cadeira de rodas.

De acordo com o diretor do Peama, César Munir, o Festival é muito importante para reforçar a inclusão das pessoas com deficiência. “Buscamos mostrar que a prática de esportes é possível para todos”, informou. César, ainda, destacou a importância da presença da população. “É essencial que as pessoas prestigiem o Fera e valorizem a cena esportiva na cidade”, concluiu.

Os interessados em fazer parte do Peama devem se dirigir até o Bolão, apresentar os documentos necessários e participar de entrevista médica. Diversas modalidades estão disponíveis, como natação, atletismo, futsal, voleibol, ciclismo, bocha, dança, capoeira, entre outras. Todas as atividades são gratuitas.

O Bolão está localizado na rua Rodrigo Soares de Oliveira, s/n, Anhangabaú.