Foto: Marcio Rodrigues/CPB

O Mundial de Jovens de Atletismo Paralímpico, que será disputado em Notwill, na Suíça, começa nesta quinta-feira. E Jundiaí estará representado com a revelação do Peama (Programa de Esportes e Atividades Motoras Adaptadas), Thomaz Ruan de Moraes, de 15 anos.

O jundiaiense é um dos dez atletas brasileiros convocados para a competição. O Mundial contará com 275 participantes de 41 países, entre 14 e 19 anos, e será realizada na pista do Sport Arena, em Nottwil, na Suíça. A instalação é sede anualmente de uma das mais tradicionais etapas do Grand Prix da modalidade.

Foto: Marcio Rodrigues

Os atletas serão separados em duas categorias: de 14 a 17 anos e de 18 a 19 anos. “Tomamos o cuidado de levar nomes que estarão apenas em provas que compõem o programa dos Jogos Paralímpicos, além de se aproximarem o máximo possível dos índices exigidos para o Mundial Adulto. Será uma boa avaliação” , disse Ricardo Melo, coordenador-técnico do atletismo no Comitê Paralímpico Brasileiro.

Só dá ele
O ano tem sido perfeito para Thomaz. Logo nos primeiros meses, ele conseguiu índice para a disputa da próxima Paralimpíada de Inverno, na modalidade Para Cross Country. A competição acontecerá na Coréia do Sul em 2018. A marca foi conquistada na primeira etapa da Copa do Mundo de Para Cross Country na neve na cidade de Lviv, na Ucrânia.

Em março, Thomaz, que nasceu com uma má formação no braço direito fez história nos Jogos Jogos Parapan-Americanos de Jovens, disputado em São Paulo. Ele conquistou três medalhas de ouro – nos 400m, 100m rasos e no salto em distância.

Na etapa regional do Circuito Loterias Caixa, Thomaz foi 1º lugar nos 100m e no salto em distância. Na última, conquistou índice para as etapas nacionais.