Desatento, Divino/Time Jundiaí é derrotado no Bolão

Foto: Gustavo Amorim/Torcida Jundiaí

Faltou atenção. Faltou malícia. Faltou perna. Em seu primeiro compromisso em casa pelo Campeonato Paulista da Primeira Divisão, o Divino/Time Jundiaí ficou aquém do que mostrou em oportunidades anteriores e perdeu por 72 a 64 para o Santos/Fupes, em jogo disputado no Bolão, na noite desta quarta-feira.

Após vencer os três primeiros jogos do campeonato, todos eles longe de Jundiaí, a expectativa era que o time comandado por Luiz Cláudio Tarallo confirmasse a boa fase e desse um grande passo para assegurar a liderança ao final da primeira fase – o campeonato tem apenas quatro times participantes.

“Eu já tinha avisado às meninas que não é porque ganhou fora que terá vida fácil em casa”, afirmou o técnico Luiz Cláudio Tarallo.

O começo de jogo indicou mais uma noite favorável à equipe jundiaiense, quando o placar chegou a apontar 9 a 0. Aos poucos, Santos entrou no jogo e equilibrou as ações. Ainda assim, o Divino/Time Jundiaí venceu o primeiro período por 15 a 10.

No segundo quarto, Fernanda e Palmira ajustaram a mira e comandaram a reação do time santista. Com quatro cestas de três pontos, a equipe visitante assumiu a dianteira e foi para o intervalo vencendo por 33 a 31.

Foto: Gustavo Amorim/Torcida Jundiaí

O Divino/Time Jundiaí voltou do intervalo sonolento, desperdiçando muitos ataques. Santos seguiu com bom aproveitamento e chegou a abrir nove pontos de vantagem.

Com pedidos de tempo, Tarallo tentou acordar as meninas. O time respondeu em quadra, adotando uma marcação pressão. Deu certo e o placar, a menos de dois minutos para o fim, estava empatado em 61 pontos. “Mas aí o time relaxou de novo”, reclamou Tarallo.

Santos usou a experiência, soube controlar o jogo e voltou a abrir vantagem, fechando o jogo em 72 a 64.

Tarallo lamentou desatenção do seu time. Foto: Gustavo Amorim/Torcida Jundiaí

“Nosso time entrou desconcentrado e pagou caro por isso”, lamentou Tarallo. Cestinha do time jundiaiense e do jogo, com 27 pontos, a pivô Gabriela de Paula concordou com o treinador. “O time esteve desligado, um pouco acomodado”.

Ela também apontou o aspecto físico como um ponto importante na derrota desta quarta-feira. “Senti o time cansado, acho que nos faltou um pouco a parte física”, disse. O time adulto é formado praticamente pelas mesmas meninas que também disputam o Campeonato Paulista e os Jogos Abertos da Juventude, na categoria Sub-19.

Mesmo com a derrota no jogo desta quarta, Carmem Fernandes aponta Jundiaí como o time favorito ao título do Campeonato Paulista. Foto: Gustavo Amorim/Torcida Jundiaí

Do outro lado, a técnica do Santos/Fupes, Carmen Fernandes, valorizou o resultado obtido por seu time. “Jundiaí tem um time muito bom, que joga junto há anos, e ainda é o favorito ao título. Conseguimos vencer porque nos organizamos um pouco melhor do que nos últimos jogos”, afirmou.

Os times

Divino/Time Jundiaí – Gabriela de Paula (27 pontos), Aline (11), Mariana Dias (10), Susan Cortes (9), Rafaela (3), Mariane Cruz (2), Geovana Lopes (2), Carla Lucchini (-) e Gabriela Soares (-).
Santos/Fupes – Fernanda do Nascimento (20), Palmira (15), Monica Nascimento (10), Leticia Rodrigues (9), Maria Emilia (8), Aruzha (4), Camila Jackson (3), Julia de Carvalho (3) e Leticia Lisboa (-).

O Divino/Time Jundiaí volta a jogar pelo Campeonato Paulista da Primeira Divisão no dia 2 de junho, quando enfrenta o Poty/Bax Catanduva, novamente no Bolão. Antes, já neste sábado, o compromisso é fora de casa pelo Estadual Sub-19 contra o Top Therm/Unimed/Grupo Leonardi/Sicredi/Venceslau.