A tão sonhada sequência de vitórias veio, o Paulista fez a sua parte, venceu dois times que estavam atrás na classificação e depois um jogo difícil contra a Portuguesa Santista.

Passamos a noite de sábado fora do Z6, um alívio imediato, mas que no domingo de manhã voltou a ser preocupação.

É bem verdade que subimos uma posição na tabela e estamos a um ponto de deixar o Z6 e a três de entrar no G8.

E como está difícil deixar essa agonia de lado!

No início do campeonato eu já dizia que a Série A3 seria muito equilibrada e quem tivesse mais disposição nos jogos e conseguisse ser competitivo alcançaria seus objetivos.

Infelizmente o Paulista está pagando pelo seu péssimo início.

Sérgio Caetano chegou e conseguiu tornar o time competitivo, os resultados estão vindo e o aproveitamento do treinador é de quem briga pela liderança.

Ainda acho que o Paulista vai escapar e quando conseguir sair definitivamente da zona do rebaixamento não vai voltar mais.

O jogo contra o Marília já seria decisivo e agora passa a ser mais ainda, pois é justamente o MAC que está a frente do Paulista.

Um empate não será um mal resultado por jogar fora de casa, mas possivelmente ainda deixará o Galo no Z6.

E no próximo sábado vem a Jundiaí, o Olímpia, nada mais nada menos que o líder da competição.

Dois duelos difíceis, mas se o Paulista quer sair de baixo e quem sabe brigar por algo ainda mais ambicioso nesse campeonato, o que não é impossível, precisará fazer ainda um pouco mais do que vem fazendo. E esse algo a mais pode ser os seis pontos nestes dois jogos.

Ainda acho cedo para pensar no G8, prefiro sair dessa zona maldita primeiro.

Faltam apenas cinco jogos e agora entra a hora do desespero no campeonato, onde quem está em baixo tira pontos de quem está em cima e muitos resultados improváveis acontecem.

Continuamos pensando jogo a jogo, mas o que quero mesmo é o alívio de olhar a tabela de classificação e não ver o Paulista naquela zona vermelha da classificação, de preferência o quanto antes.