O time do EC Gazeta

No dia 24 de junho de 1946 era inaugurada em Jundiaí a Rádio Difusora Jundiaiense, no prefixo ZYE-6. Um evento digno de registro na história da cidade e um dos maiores da época, sendo até hoje um dos principais órgãos comunicadores dos cidadãos jundiaienses que querem se manter informados sobre as notícias da cidade.

Outro órgão, o jornal A Folha, um dos principais periódicos da época e que dava grande atenção aos eventos esportivos na cidade fez uma enorme cobertura das festividades de inauguração.

No final de semana seguinte, no domingo, dia 30 de junho (portanto, há exatos 71 anos), um jogo amistoso festivo foi disputado para marcar brilhantemente este feito.

Minas Gerais

O Minas Gerais, clube integrante da primeira divisão do Campeonato Jundiaiense e que tinha sua sede na Rua Dr. Torres Neves, recebeu no campo do Paulista, na Avenida Luiz Rosa, o time do E.C. Gazeta, formado por profissionais do jornal A Gazeta, de São Paulo.

Os representantes da capital chegaram pela manhã na gare da São Paulo Railway e seguiram para o campo do Paulista. Acompanhando a caravana vieram o cronista Miguel Munhoz, presidente do quadro futebolístico, o narrador Aurélio Belotti e outras personalidades de destaque do vespertino paulistano. O jornalista José Pedro Raymundo, representante d’A Folha, foi convidado para participar da transmissão.

O jogo começou às 9 horas da manhã e teve entrada franca ao público, porém foi disponibilizada uma bandeja para contribuições espontâneas que seriam destinadas aos pobres socorridos pela A Folha. A soma atingiu o valor de Cr$ 195,00, digna de registro para a época.

O resultado final da partida apontou empate de 1 a 1, gols de Dodô para a Gazeta e Aníbal para o Minas Gerais.

José Pedro Raymundo

Segundo o relato feito pelo periódico jundiaiense, “o jogo teve seu desenrolar agradável, satisfazendo plenamente a grande assistência acolhida no estádio. Se não houve vencedor nessa pugna, refere-se à boa atuação dos goleiros Bijo e Armando, que estiveram à altura na defesa de suas metas. Com isso não desmerecem elogios os demais integrantes das equipes que muito trabalharam no ataque e na defesa, fazendo jus ao empate da partida”.

O jogo foi apitado pelo árbitro oficial da Federação Paulista, Sr. Candido Casado e teve a formação dos quadros da seguinte forma:

Minas Gerais: Armando; Vasco e Sergio; Narciso (Morais), Brasilio e Oscar; Sagrillo, Aníbal, Pio, Canjica e Zezé (Quinzinho).

Gazeta: Bijo; Geraldinho e Russinho; Pompeo, Tinin e Amadeu (Antoninho); Dodô, Jabazinho, Avelino, Nico e Amelio.

Estiveram também presentes no estádio os veteranos jogadores do Paulista, Lamaneres, Minguta e Malavazzi, entre outros.

Após a disputa, os visitantes acompanhados dos Srs. Guilherme Enfeldt e esposa, professor Lázaro Miranda Duarte, Antonio Canineu Júnior, professor Candelário de Freitas, Severino Paixão, Manoel Ibanez, José Pedro Raymundo e Alcebíades Araújo Maia, almoçaram no Restaurante Columbia, de propriedade dos Srs. Carlos & Ribeiro.

A caravana do E.C. Gazeta regressou para a capital às 15h02.