Ponte Preta venceu o Unidos Tulipas, de virada, por 3×1 e o Estrela da Ponte venceu o Fundão por 2×0, agora vamos ver a estreia do Vila Marlene, atual campeão jundiaiense de futebol, para coloca-lo ou não no rol dos favoritos.

Mas ficando apenas na primeira rodada, ninguém destoou, nem time grande goleando nem time pequeno fazendo feio, como é a praxe em rodadas iniciais, precisamos esperar mais umas três ou quatro para, aí sim, saber quem realmente vai ter garrafa para vender no fim da temporada, isso nunca muda, e a etapa inicial é de ajuste para uns, os que montaram elencos caros precisando que se conheçam os craques trazidos a peso de ouro, e os intermediários vendo quem vai ralar o calção na grama pelo time, dar resultados, e os menores vendo se já começam a planejar a próxima temporada na Série B, por que não?

Esperemos mais um pouco, até a quinta rodada, que tudo isso fica bem claro. Por ora, os franco-atiradores ainda têm ânimo, ainda dão sangue em campo, e entre esses mais fracos, os que tiverem o privilégio de pegar os favoritos já agora no começo, vão acabar perdendo de pouco, ao contrário dos que os enfrentarem mais na frente.

Foi normal Sorocabana 1×0 no Cruzeiro Morada, Fut Rap 1×0 Resenha, GR2 0x0 Real 12, Palmeiras 3×1 Tijuco, Cruzeiro Maringá 1×0 Águia Negra e Jamaica 0x0 14 de Dezembro, tudo dentro do previsto.

Para domingo, Tijuco x Ponte Preta, Unidos Tulipas x Vila Marlene, Estrela da Ponte x Cruzeiro, Resenha x Cruzeiro Morada, Águia Negra x Palmeiras, GRIIx Jamaica, Real12xFundão e 14 de Dezembro x Fut Rap.

Veremos, já depois da rodada, uma clara divisão entre times da parte de cima e da parte de baixo da tabela, vai por mim.


JOSÉ REGINALDO MATIAS DE SOUZA é economista e presidente do Clube Atlético Aliança. Durante cinco anos, manteve a coluna ‘Papo de Várzea’ no extinto jornal Bom Dia.