O Dia do Desafio movimentou exatas 137.354 pessoas, neste 31 de maio, em toda a cidade de Jundiaí. O resultado foi uma vitória suada diante de Uberlândia (MG). Porém, o maior prêmio conquistado foi o alertar para os malefícios do sedentarismo.

No comparativo, enquanto Uberlândia conseguiu mobilizar 24,89% dos mineiros, Jundiaí movimentou 37,11%. As atividades esportivas ocorreram pelos quatro cantos da cidade: Complexos Esportivos, Unidades de Apoio, academias, clubes, colégios, Escolas Municipais de Educação Básica (Emebs), faculdades, entidades, Organizações Não-Governamentais (ONGs) e registros individuais.

CONFIRA AS FOTOS DO DIA DO DESAFIO

Para o coordenador executivo de projetos especiais da Unidade de Gestão de Esporte e Lazer (UGEL), Felipe Pinheiro da Cunha, o Dia do Desafio serviu para lembrar a importância da atividade física, como promoção de qualidade de vida. “O sedentarismo é uma epidemia que desencadeia diversas doenças. Somente a prática esportiva regular é capaz de combater este mal da saúde pública”, afirmou.

Como forma de continuar estimulando o exercício físico, a UGEL seguirá promovendo ações de promoção do esporte e da qualidade de vida. “Na verdade, o resultado deste Dia do Desafio é simbólico. O maior desafio é manter os nossos Complexos Esportivos lotados”, completa Felipe. Ele ressalta que Uberlândia, a adversária de Jundiaí neste Dia do Desafio, é co-irmã em todas as iniciativas. “O mais importante é que, juntas, foram quase 290 mil pessoas se exercitando”, comemorou.