Com foco na base, peneira no Jayme Cintra atrai meninas da região

Futebol

Com foco na base, peneira no Jayme Cintra atrai meninas da região

Giovana Alves, de 15 anos, pegou sua chuteira, deixou Jarinu e veio até o estádio Jayme Cintra com o objetivo de realizar o sonho de se tornar uma atleta do futebol feminino de Jundiaí. Neste sábado, debaixo de um sol escaldante, ocorreu a seletiva da modalidade realizada no Paulista – a equipe mantida pela Prefeitura leva o nome do time jundiaiense.

“É uma modalidade bastante difícil, pouco valorizada e com quase nenhum apoio, mas amo muito e vim aqui sonhando em um dia me tornar uma atleta profissional”, revelou Giovana.

Laura Fodra trocou o handebol pelo futebol

A seletiva assim como Giovana atraiu meninas de toda região, como Louveira, Cajamar, Itatiba, Franco da Rocha, Campo Limpo Paulista e também da cidade. Aos 18 anos, Laura Fodra resolveu trocar os pés pelas mãos. Ela decidiu que era hora de deixar o handebol de lado e se dedicar sua paixão, o futebol.

“Mesmo jogando handebol, não esquecia do futebol. Nos treinos, quando dava sempre arrumar uma desculpa para jogar futebol no aquecimento. Fiquei sabendo desta seletiva e resolvi vir participar. Quero seguir no futebol”, explicou.

Base
A seletiva teve o objetivo de garimpar talentos e reforçar a categoria base da equipe do Paulista. “Este ano vamos trabalhar com a formação e a divulgação da modalidade na região”, disse Tatisa Zonaro, coordenadora da modalidade na cidade, que aponta mais um problema.

As participantes – cerca de 25 – serão encaminhadas conforme nível técnico e tático para as equipes de competição ou escolinha, compondo as categorias sub15, sub17, sub18 e adulto de Jundiaí.  O intuito da seletiva, além de encontrar reforços para o elenco da atual equipe jundiaiense, é divulgar a modalidade na cidade e região, mostrando a força feminina no futebol.

“Enfrentamos algumas dificuldades . Temos falta de apoio e também de iniciativa das próprias garotas O menino quando gosta de futebol sempre vai arrumar um jeito de praticar, as meninas já contam com a timidez e esperam um pouco para ir atrás para praticar”, explica Tatisa Zonaro, coordenadora da modalidade na cidade, que aponta mais um problema.

“A insegurança joga contra também. Que pai vai deixar sua filha ir até o centro esportivo que não tem segurança nenhuma?”, afirmou.

Tatisa batalha contra falta de apoio e espera campeonato na cidade

Tatisa sofreu na pela esta insegurança nesta semana. Na madrugada de quarta-feira, o centro esportivo Romão de Souza – local de treinamento do futebol feminino – sofreu mais uma vez com ações de vândalos. Alguns materiais esportivos das equipes de futebol feminino e do vôlei foram levados, em invasão à sala dos professores.

“O futebol feminino tem tantas dificuldades e ainda lidamos com mais essa.”, lamentou ela, que ainda espera uma posição da Prefeitura sobre ocorrido.

Calendário
Neste ano, o futebol feminino de Jundiaí vai disputar os Jogos Regionais, Jogos Abertos e Joguinhos da Juventude.

Para ter um calendário maior para modalidade, Tatisa vai tentar junto a Federação Paulista de Futebol realizar uma competição em Jundiaí neste primeiro semestre e ainda inscrever a equipe nos campeonatos de base da Secretaria de Esportes e Lazer do Estado esse ano.

“Este ano pretendo realizar um trabalho com as escolas da cidade para atrair mais meninas”, finalizou Tatisa.

Aulas
As aulas de iniciação e os treinos das equipes da cidade do futebol feminino já começaram em Jundiaí. As aulas são gratuitas. Confira onde praticar:

Período da manhã
Retiro – Centro Esportivo Benedito de Lima
(Avenida Osmundo dos Santos Pelegrini, nº 1.364 – Retiro)
Terça e quinta – 9h

Vila Hortolândia – CE Aramis Polli
(Rua: Dr. Benedito de Godoy Ferraz, nº 508 – Vila Hortolândia)
Quarta e sexta – 9h

Vila Nambi – CE Antônio Iacovino
(Rua: João do Rio, nº 144 – Vila Nambi)
Terça e Quinta – 9h

Período da tarde
Vila Nambi – CE Antônio Iacovino
(Rua: João do Rio, nº 144 – Vila Nambi)
Segunda e quarta – 16h30

Colônia – CE Romão de Souza
(Rua: Luís Benachio, s/nº – Colônia)
Terça e quinta – 14h

Vila Rami – CE Francisco Dal Santo
(Rua: Cica, nº 1.345 – Vila Rami)
Sexta – 14h

Vila Aparecida – CE Jardim Ângela
(Rua: Primo Filipini, nº 160 – Vila Aparecida)
Segunda e quarta – 16h

 


Comente
Subir