Érika Drozd Pereira volta para casa

Tênis

Érika Drozd Pereira volta para casa

Dorival Pinheiro Filho

Bom filho a casa torna. O ditado já é batido, mas cabe bem para a tenista jundiaiense Érika Drozd Pereira, de 19 anos. Depois de uma temporada em São Carlos, a atleta decidiu que era hora de voltar para Jundiaí. Érika mudou de treinador e agora intensifica preparação física e a parte técnica com Leandro Mazzette. Desde os 12 anos, ela treinava com Emerson Lima e no ano passado havia mudado para São Carlos.

“Estava cansativo morar fora e decidi também que precisava intensificar a preparação física. Sempre gostei muito do estilo de treinamento do Mazzette e, mesmo morando em São Carlos, eu sempre mantive contato com ele. Acredito que uma mudança será boa para mim principalmente na parte física”, afirmou Érika em entrevista ao Torcida Jundiaí.

No ano passado, ela foi prejudicada por uma lesão na coxa esquerda e ficou fora de alguns torneios. Por isso, quer estar bem preparada fisicamente para alcançar os objetivos na temporada.

Nova parceria
A estreia da nova parceria acontece neste final de semana em São Paulo. Érika vai disputar o qualificatório do Circuito Feminino Future de tênis, a segunda da temporada 2017. O torneio de SP é integrante do Circuito feminino da ITF, distribui uma premiação de 25 mil dólares e vale pontos para o ranking internacional da WTA. Erika é atual número 988 no ranking.

“A expectativa torneio é boa. Quero furar o qualificatório, mas ainda por causa da mudança de preparação e como estou em fase de adaptação, ainda não sei como vai ser minha participação.”

Depois deste torneio em São Paulo, ela tem uma pausa de duas semanas para treinamento e terá mais duas competições internacionais. “Acredito que nestas duas competições estarei já adaptada e meu jogo funcionará melhor”.

O objetivo dela em 2017 é estar entre as 500 do mundo.

Regionais e Abertos
Mesmo voltando a treinar em Jundiaí, Érika vai defender Mogi das Cruzes nas duas competições.  “Mogi das Cruzes paga bem e nesta fase que eu estou, eu preciso pensar pelo lado profissional”, completou.


Comente
Subir