"Fico triste pelo clube que passa por uma situação difícil e pelo futebol brasileiro", diz Belli

Demitido do comando da categoria Sub-20 do Paulista, Ricardo Belli se mostrou chateado e ainda tenta entender a sua saída do clube. Em entrevista ao Torcida Jundiaí, afirmou ter sido pego de surpresa.

“Após a partida, quando fui pegar meus documentos fui comunicado da decisão. Nem argumentei muito. O que ouvi é que o estilo de jogo não estava agradando. Esta desculpa de estilo de jogo eu não aceito. Aceitei a demissão, mas não concordei. Se tivesse vencido os dois jogos, meu estilo iria agradar? Acredito que foi por resultados mesmo”, afirmou ele, que só tinha feito duas partidas no comando do Paulista.

“Fico triste não por mim que ficarei desempregado, mas pelo futebol brasileiro. Não existe uma demissão com dois jogos, pois não tem como avaliar o trabalho por dois jogos. Eles podem alegar que treinei a equipe dois meses, mas ninguém acompanhava meu treino para avaliar. Se meu estilo de jogo não agrada, o modelo de gestão do Paulista também não agrada. Fico triste pelo clube que passa por uma situação difícil e pelo futebol brasileiro”.

A situação do Paulista é crítica. Belli não pode contar com alguns jogadores que ainda não foram inscritos na competição e no último jogo sequer não tinha goleiro no banco de reservas. “Não tem como fazer mágica. Pelos menos quatro jogadores importantes não puderam jogar por falta de inscrição. Eles estão treinando comigo há dois meses, mas não podem jogar”, concluiu.

Belli foi demitido após a derrota por 2 a 1 para o São José dos Campos. Belli comandou a equipe nas duas primeiras rodadas do estadual e sofreu duas derrotas. “ A equipe vive um momento conturbado e a pressão depois da queda deve atrapalhar o clube.”

Pepe Verdugo explica

O presidente Pepe Verdugo justificou a demissão neste sábado. “Muito fraco o time (dele). Se o time não está indo bem, o técnico tem que levantar do banco e orientar os jogadores, senão fica difícil”, afirmou.

Segundo o presidente, o Galinho deve ter um novo comandante na partida contra o Bragantino, em Bragança Paulista, no próximo sábado.

“Estamos negociando com algumas outras pessoas. Nos próximos dias deve ter alguma novidade”, afirmou.