Emoção. Choro. Lembrança de todas as bandeiradas até chegar a este domingo, 11 de junho de 2017 – data que vai ficar marcada para Guilherme Salas. O piloto jundiaiense não segurou as lágrimas após conquistar o seu primeiro pódio na Stock Car – ele terminou em terceiro na segunda prova da rodada dupla em Cascavel, e posteriormente herdou o segundo lugar após desqualificação de Lucas Forseti

“Queria agradecer minha equipe. Todo mundo sabe que é muito difícil chegar na Stock Car. Eu lutei muito. Muitas pessoas…”, disse o piloto de 22 anos, emocionado e chorando ao Sportv.

Antes de cair nas lágrimas na frente das câmeras, Guilhermes Salas revelou a dura missão da equipe Vogel nos três dias da prova em Cascavel. “Fim de semana bem difícil pra gente, pode ver que não estava rápido. Primeira corrida era só administrar, era nosso objetivo. Na última corrida a gente tava muito rápido”, pontuou.

Com a segunda colocação, Salas subiu a 30 pontos na temporada e está na 20ª posição do campeonato.