15577953_1144287995692856_1535838867743425673_o
Ocelots venceu 13 dos 14 jogos que disputou em 2016. Foto: Facebook/Ocelots

Após um ano e meio, a parceria entre o Paulista e o Ocelots chegou ao fim. Foi um divórcio amigável, sem traumas e com ótimas recordações. Em 2016, o time conquistou mais um título da Taça 9 de Julho, ficou em terceiro lugar na Super Copa São Paulo e fechou o ano com um saldo de 13 vitórias em 14 partidas disputadas.

“A parceria com o Paulista trouxe mais responsabilidade e nos motivou nos jogos a dar alegria aos torcedores, mas decidimos parar, pois queremos ter nossa identidade própria. Somos muito gratos ao Paulista e os projetos que tínhamos vão continuar”, afirma.

As novidades não param na mudança de nomenclatura. Pela primeira vez, a jaguatirica irá disputar a São Paulo Football League (SPFL). A equipe de Jundiaí vai encarar grandes times do cenário nacional, como a Portuguesa Lusa Lions, Ponte Preta Gorilas, Santos Tsunami, Corinthians Steamrollers e Palmeiras Locomotives. “Na SPFL vamos pegar times de primeira divisão da Super Liga Nacional e faremos frente da melhor forma possível. É um campeonato bem difícil, mas podemos ganhar”, diz Arthur Montagnoli, Head Coach da equipe.

Em 2016, Ocelots conquistou a Taça Nove de Julho pela segunda vez. Foto: Facebook/Ocelots
Em 2016, Ocelots conquistou a Taça Nove de Julho pela segunda vez. Foto: Facebook/Ocelots

Para Guilherme, essa é a oportunidade de elevar ainda mais o nome do time e da cidade: “A visibilidade é muito maior, pois é um campeonato muito organizado, disputados pelos melhores times do estado. E nós fomos convidados a jogar, pois eles querem sempre os melhores disputando”.

O outro campeonato a ser jogado será novamente a Taça 9 de Julho e os Ocelots buscam o terceiro título. “O nosso objetivo é jogar as partidas em alto nível, um dia após o outro, para chegarmos à final de todos os campeonatos”, diz Arthur.

E para tudo isso eles contam com a volta de jogadores que estavam em outras equipes. No total são nove. Segundo Arthur, alguns estrangeiros foram sondados, mas foi resolvido que o elenco seria fechado com esses atletas.

Os novos jogadores do Ocelots são:

  • Rafael Piacci, Line Backer.(Lusa Lions)
  • Renan Pilotto, Wide Reciever(Lusa Lions)
  • Mateus Umberlino Corner Back(Lusa Lions)
  • Thiago Barbieri, Running Back (Lusa Lions)
  • Carlos Coppete, Defensive Line(parado)
  • Fagner Martins, Safety (parado)
  • Elias Pirota, Defensive Line (parado)
  • Paulo Martins, Coach de estatística (Novato)
  • Rodrigo Mattos, Coach de ataque (Parana HP)

Fora de campo foram realizados diversos projetos sociais, que, segundo o presidente da equipe, Guilherme Lourenço, arrecadaram cerca de quatro toneladas de alimentos, além de brinquedos e ovos de Páscoa.

O sucesso também veio com uma série de vídeos divertidos que ajudaram ainda mais a atrair o público: “A ideia dos vídeos surgiu para atrair um público diferente e deu muito certo. Muita gente acabou nos conhecendo por causa dessa brincadeira”. Como forma de agradecimento, em 2016, o departamento de marketing organizou uma grande brincadeira. A gravação de um vídeo com a população, na Ponte Torta.