De olho na semifinal da São Paulo Football League contra o Corinthians Steamrollers que acontece no dia 22 de julho, o Jundiaí Ocelots começa neste domingo sua trajetória na Liga Nacional. O adversário de estreia é o Juiz de Fora Imperadores em partida que será realizada no centro esportivo Benedito de Lima, no Retiro, em Jundiaí, a partir das 10h.

Será a primeira vez que a equipe participa da Liga Nacional.  Segundo Arthur Montagnoli, técnico principal do Ocelots, a competição servirá de laboratório para a equipe.

“Estamos na semifinal da SPFL e meu foco é o Corinthians. A competição servirá de laboratório para todos, jogadores e diretoria. Enfrentaremos times com investimentos maiores e a diretoria vai usar a competição como laboratório para vermos custos, logísticas e sentir o cenário para ver se estamos aptos a prosseguir sem um patrocinador”, disse Montagnoli, que prosseguiu. “Será um teste para saber como será nosso futuro, se vamos focar só em Campeonato Paulista ou se queremos mesmo estarmos no cenário nacional. Agora se pensarmos quando nós começamos e agora, a disputa da Liga é um sonho realizado”, disse.

O Juiz de Fora Imperadores conta no seu elenco com QB Casey (KC) Frost, ex-Corinthians Steamrollers e Flamengo FA. O norte-americano tem no seu currículo dois títulos do Torneio Touchdown, três títulos estaduais e recorde de touchdowns lançados (25) em uma única temporada da Superliga Nacional.

“Será um desafio interessante. Vou utilizar a partida para ver como posso melhorar meu time para usar contra o Corinthians. Se perdemos e o que a gente conseguiu construir com os testes que fizemos no jogo for produtivo, isso será de grande valia”, conclui.

Integrante da Conferência Sudeste da Liga Nacional, o Ocelots também enfrentará na primeira fase o Palmeiras Locomotives (fora de casa, entre os dias 29 e 30 de julho), o Macaé Oilers (fora, entre 2 e 3 de setembro) e o Betim Bulldogs (em Jundiaí, entre 16 e 17 de setembro). Os dois primeiros avançam de fase da chave.

Equivalente à segunda divisão do futebol americano no Brasil, a Liga Nacional reunirá 41 times nessa temporada – 16 deles, fazendo sua estreia, com o Ocelots. As equipes foram divididas em quatro conferências: Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste.