O piloto de mountain bike Rafael Amarelinho, de 27 anos, não terá sossego nas próximas três semanas. Depois de ter disputado a Copa América de Downhill no começo do ano, o atleta jundiaiense vai encarar três competições na sequencia na modalidade.

O primeiro desafio acontece neste final de semana. Ele vai disputar a etapa de abertura da Liga de Ciclismo Independente, que acontece nas escadarias da WW, ao lado do estádio do Pacaembu, em São Paulo. A competição tem dez etapas. “Estou me recuperando de uma lesão na mão, mas estou preparado”, afirmou ele, que foi eliminado nas oitavas de final da Copa América.

Nos dias 11 e 12 de fevereiro, ocorre o desafio São Vicente de Downhill, competição válida para o ranking nacional 2017. O último desafio será a Descida das Escadas de Santos.

Amarelinho é o atual campeão da Copa do Brasil de Downhill categoria sub-30, título conquistado no ano passado. Ele ainda não sabe se vai lutar pelo bicampeonato por causa de falta de verba.

“Este ano está complicado por falta de verbas. Conversei com a Prefeitura, entendo o momento de crise e vou aguardar para ver se eles podem me ajudar. Vou dar meu voto de confiança. Tive que remanejar a verba que recebi de duas empresas (MGA do Brasil e Villa Pizza Bar) que eram para gastos de viagem para comprar equipamentos de competição. Sigo na luta para continuar representando minha cidade”, concluiu.