Amarelinho vai morro abaixo neste fim de semana

Amarelinho vai encarar a escadaria do Morro do Pacheco pela primeira vez. Foto: Divulgação

Neste final de semana, quando for realizada a 15ª edição da Descida das Escadas de Santos, no Morro do Pacheco, o piloto jundiaiense Rafael Amarelinho vai realizar um sonho.

Campeão da Copa Brasil de Downhill no ano passado, ele garantiu classificação para, pela primeira vez, participar da mais importante prova da modalidade realizada no país.

“Depois de muitos anos almejando isso, finalmente consegui. Estou muito feliz”, afirma. “É uma prova de nível internacional, reunindo os melhores do Brasil e do mundo”.

Amarelinho vai encarar a escadaria do Morro do Pacheco pela primeira vez. Foto: Divulgação
Amarelinho vai encarar a escadaria do Morro do Pacheco pela primeira vez. Foto: Divulgação

O percurso no Morro do Pacheco, que será usado pela segunda vez para a prova, é mais estreito, mais íngreme, mais técnico e mais desafiador que o do Monte Serrat, local das 13 primeiras edições.

No Pacheco, os pilotos vão, literalmente, ladeira abaixo: são 514 degraus em 526 metros e um desnível de 143 metros, equivalente a um prédio de 45 andares.

Esta é a primeira vez que Amarelinho vai encarar a Descida da Escadaria de Santos. Foto: Divulgação
Esta é a primeira vez que Amarelinho vai encarar a Descida da Escadaria de Santos. Foto: Divulgação

Embora seja apenas sua estreia na prova, Amarelinho tem planos ambiciosos. Seus objetivos são ficar entre os cinco melhores na categoria Sub-30 e entre os 10 melhores na classificação geral.

Se conseguir, além de subir ao pódio em sua categoria, ainda terá o ‘bônus’ de correr com transmissão ao vivo da TV Globo no domingo, dentro do Esporte Espetacular.

“A prova mesmo acontece no sábado, já com premiação e tudo mais. No domingo, é um evento à parte, para a TV e quero muito estar ali”, diz.