Dia do Desafio promete mexer com a vida do jundiaiense

No clube, na pracinha do seu bairro, no parque, na área comum do condomínio. O lugar pouco importa, o que vale mesmo é mexer o corpo e não ficar parado. Somente assim poderemos ajudar Jundiaí a vencer Uberlândia (MG), cidade adversária desta 23ª edição do Dia do Desafio, que ocorre em mais de 20 países do mundo.

Mais do que vencer o Dia do Desafio, o objetivo maior do evento é despertar o interesse das pessoas por atividades físicas e incentivar a prática esportiva de olho na saúde e no bem-estar. Afinal, o cenário não é nada animador. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 100 milhões de brasileiros não fazem nenhuma atividade física e 76% da população acima de 15 anos não participou de nenhum esporte nos últimos 12 meses.

Para estimular a participação dos jundiaienses, a Unidade de Gestão de Esporte e Lazer (UGEL) está preparando uma programação especial esperando contar com a participação de todos para superar os números do ano passado, quando Jundiaí mobilizou 131.010 pessoas. Adote esta atitude e pratique atividade física regularmente.

Para participar, basta praticar qualquer atividade física por, pelo menos, 15 minutos consecutivos no dia 31 de maio, das 0h às 21h. Vale dançar, correr, caminhar, pedalar, nadar, jogar futebol, vôlei, basquete, fazer alongamento ou qualquer outra atividade que mexa com o seu corpo.

O registro é fundamental para contabilizar o total de participantes em cada cidade. Esse número é utilizado na apuração dos resultados da competição entre as cidades pela maior mobilização alcançada. Para registrar a participação e ajudar Jundiaí na disputa, basta ligar para qualquer um dos seguintes números: 4589-8610, 4589-8611, 4589-8574, 4589-8907, 4589-8981, 4589-8939, 4589-8876, 4589-8753, 4589-8609.