Em suas contas, Túlio Maravilha já ultrapassou a marca dos mil gols.

O atacante Túlio Maravilha não vai mais disputar a Série A3 do Campeonato Paulista. Ele chegou a suspender a aposentadoria e foi apresentado no Taboão da Serra, mas não vai mais reforçar a equipe.

“Ele comunicou o clube que não teria condições de participar dos treinos. E por esta questão, não queremos atrapalhar ninguém. Queremos quem esteja aqui de bom coração para ser muito útil. Ele não estando aqui para os treinos atrapalharia o andamento do trabalho”, disse o presidente do Taboão, Anderson Nóbrega, ao Uol Esporte.

Túlio tinha o objetivo de ultrapassar Romário em número de gols na carreira. Nas contas do goiano, ele tem 1000 contra 1002 do Baixinho, atualmente senador.

A última equipe de Túlio Maravilha em São Paulo havia sido o Tanabi, em 2012. Ele atuou em mais de 30 clubes, com destaque para Botafogo, Corinthians, Fluminense, Vitória e Goiás. Pelo Botafogo, conquistou o Brasileirão de 1995. Já na seleção brasileira, o atacante marcou 13 gols em 15 jogos, entre 1990 e 1995.

Se não vai contar com Túlio, o Taboão da Serra irá contar com atletas conhecidos no futebol, como o zagueiro André Luis, ex-Santos, o meia Adriano Gabiru, campeão mundial pelo Internacional e o atacante uruguaio Acosta.