Fabão marcou o gol da vitória e, pouco depois, saiu machucado. Foto: Gustavo Amorim

Sinceridade. Foi dessa forma que o zagueiro Fabão agiu após marcar o gol da vitória do Paulista sobre o Atibaia, nesta quarta-feira, no Jayme Cintra. Em entrevista coletiva após o confronto, o atleta revelou que não balançava as redes há três anos. E essa dificuldade foi sentida na hora de finalizar o lance.

“O Ingro fez a jogada e cruzou. A bola foi passando, passando, e quando eu vi tava no meu pé já. Não sabia nem o que fazer (risos). Só deixei ela bater”, confessou o camisa 3, que se machucou após o gol: “Saí correndo e comemorei demais esse gol. Fazia tempo, né? E foi muito importante para nós”, avaliou.

Fabão marcou o gol da vitória e, pouco depois, saiu machucado. Foto: Gustavo Amorim
Fabão marcou o gol da vitória e, pouco depois, saiu machucado. Foto: Gustavo Amorim

O jogador sentiu uma fisgada no músculo posterior da coxa esquerda. Segundo Juninho, gerente de futebol do Paulista, Fabão fará exames de imagem nesta quinta-feira para descobrir o grau da lesão. O Galo ainda tem Rafael Caldeira, Gut e Léo para a posição.

O dirigente ainda minimizou a saída de Radsley e Dudu na segunda etapa – ambos saíram de maca. Segundo Juninho, os dois meias não preocupam para a sequência da competição: “Foi apenas um cansaço muscular. É normal”, disse.