Presidente do Catanduvense ainda não recebeu laudo da PM

Paulista

Presidente do Catanduvense ainda não recebeu laudo da PM

CATANDUVA NA NET

A realização do jogo entre Grêmio Catanduvense e Paulista ainda é incerta. A partida está marcada para esta quarta-feira, às 19h30, mas pode não acontecer, já que o estádio Sílvio Salles ainda não foi liberado pela Federação Paulista de Futebol (FPF).

A Polícia Militar realizou uma nova vistoria no estádio na última quinta-feira (16), mas o presidente do Catanduvense, Reginaldo Marcelo Borges, o Alemão, disse em entrevista ao Torcida Jundiaí ainda não ter recebido o laudo.

“Por enquanto, há apenas boatos de que o estádio foi liberado. Não tenho essa confirmação”, afirmou. Apesar disso, Alemão está confiante e não acredita em um novo WO. “Acho que (o estádio) vai ser liberado sim”.

Interditado

O Sílvio Salles está interditado desde 7 de novembro de 2016, pela falta do laudo atualizado de segurança.

Em vistoria realizada em 16 de fevereiro, pouco antes do início da Série A3, a PM alegou que o Sílvio Salles não possuía “condições adequadas para garantir a segurança dos jogadores, árbitros, torcedores e policiais” e interditou o estádio.

No laudo, foram apontados problemas como avarias no alambrado que circunda o campo e materiais soltos na arquibancada, como lascas de concreto e grelha da galeria de águas pluviais.

Com o estádio interditado, o Grêmio Catanduvense perdeu dois jogos – para Taboão da Serra e São Carlos – sem nem ao menos entrar em campo.

Em julgamento realizado no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) de São Paulo, no dia 6 de março, o time corria o risco de ser eliminado da competição, mas acabou sendo punido apenas com multa. Nas rodadas seguintes, o time mandou jogos em São José do Rio Preto e  Bebedouro.

PM realizou nova vistoria no estádio Sílvio Salles na última quinta-feira (16).

Desta vez, como não indicou a tempo um outro local para a partida, não há alternativa: se o jogo não for disputado no Sílvio Salles, o Paulista ganha os três pontos sem ter que suar a camisa.

O Paulista aguarda um comunicado da FPF para a confirmação da partida. O time jundiaiense tem viagem programada para Catanduva para a tarde desta terça-feira.


Comente
Subir