Resultados ruins derrubaram Belli. “Não adianta jogar bonito e não ganhar”

Juninho diz que a decisão da saída do treinador não foi sua

Se o presidente Pepe Verdugo foi curto e grosso ao justificar a demissão de Ricardo Belli do cargo de técnico do time Sub-20 dizendo que “o time era muito fraco”, o gerente de futebol do Paulista, Antonio Carlos Nogueira de Sá Junior, o Juninho, deixou claro que foram os resultados negativos que provocaram a decisão. Sob o comando de Belli, o Galinho fez apenas dois jogos, perdendo ambos: 1 a 0 para o Juventus e 2 a 1 para o São José dos Campos.

“O Ricardo é um cara inteligente, estudioso, tem curso da UEFA, mas não estava conseguindo implantar o sistema que queria nos jogos”, afirmou. “O time tem posse de bola, controle de jogo, mas precisa de resultado. Não adianta jogar bonito e não ganhar”.

Segundo Juninho, o ‘sinal de alerta’ com o trabalho de Ricardo Belli havia sido ligado antes mesmo de o Campeonato Paulista começar. “Os meninos treinavam​ de um jeito e jogavam de outro. O dia a dia era muito bom, encaixava direitinho o trabalho, mas fizemos alguns jogos-treino que acenderam essa dúvida”, disse. “Com o campeonato, ficou claro. Desde o jogo contra o Juventus o pessoal da diretoria estava incomodado e o primeiro tempo de ontem (sexta-feira, contra o São José dos Campos) mostrou que meninos estavam perdidos”, completou.

Questionado se dois jogos eram suficientes para se chegar a decisão de trocar o comando do time, Juninho respondeu que Ricardo Belli “não ia conseguir desenvolver” o sistema de jogo proposto. “Ele não tem outro sistema, é o jeito dele. O campeonato é longo, mas se você perder muitos jogos no começo, fica para trás. Só quatro se classificam”.

Juninho também disse que a decisão de dispensar Ricardo Belli não foi sua. “Eu sou funcionário do clube. Eles (diretores) me perguntam e eu dou a minha opinião”, explicou.

O gerente de futebol acredita que o novo técnico será definido no início da semana. Ele não adiantou os nomes pretendidos, mas confirmou que, quem vier, certamente terá um perfil diferente ao de Ricardo Belli.