O time Sub-17 do Paulista busca a recuperação no Estadual. Foto: Divulgação

Este fim de semana reserva grandes emoções ao torcedor do Paulista. Isso porque todas as equipes de categoria de base vão entrar em campo, pelo Campeonato Paulista. Os confrontos serão todos fora de casa.

Nas categorias sub-15 e sub-17, o compromisso é em Amparo, contra os donos da casa, a partir das 9 horas da manhã. A vitória é fundamental para quem visa classificação para a segunda fase. O Galinho sub-15, atualmente, está na 6ª colocação, com os mesmos 5 pontos do Amparo, e tenta engatar a segunda vitória consecutiva. Já a equipe sub-17 aparece na mesma 6ª colocação, mas com 4 pontos conquistados.

Estreias

O fim de semana também contará com novidades. As categorias sub-11 e sub-13 estreiam na competição, contra o Juventus, domingo, a partir das 9h da manhã. A participação dessas categorias chegou a ser dúvida da diretoria no início do ano.

“Estamos nos preparando desde março para essas competições. É um pouco tarde para iniciar, principalmente com os meninos do sub-11, que é uma equipe totalmente reformulada. Prevejo um pouco de dificuldades no começo da competição. Já a garotada do sub-13 é a mesma que trabalha comigo, desde 2015, e está mais preparada”, projeta Juninho, treinador das duas categorias do Tricolor. “Faremos um bom campeonato e trabalharemos muito em cima da evolução de cada atleta, que é o principal. Se aliarmos com resultado, fica ainda melhor”, completa.

Sérgio Caetano

A outra estreia será no time sub-20. Novo treinador, mas velho conhecido da torcida, Sérgio Caetano comanda o Galinho pela primeira vez, neste sábado, às 15h, fora de casa, contra o Bragantino, pela 3ª rodada da competição. O Paulista vem de duas derrotas no torneio e busca, finalmente, entrar na competição.

“Estou conhecendo os garotos e tentando consertar as dificuldades que eles tinham. Tentei arrumar melhor a parte defensiva e agrupar as linhas de marcação, para tentarmos pontuar nessa partida. Com uma semana de trabalho, a conversa é muito importante para tentar extrair o máximo deles”, afirma Sérgio Caetano.