O atleta Thomaz Ruan de Moraes, do Peama (Programa de Esportes e Atividades Motoras Adaptadas), foi convocado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro para representar  o Brasil nos Jogos Parapan-Americanos de Jovens São Paulo 2017 no atletismo.

Além de Thomaz, Jundiaí terá o técnico Alessandro Tosim como representante. Ele vai comandar a seleção de Goalball.

Aos 15 anos, Thomaz já é destaque no esporte.

No ano passado, Thomaz participou do Riderweek, em Beitostolen, na Noruega. Ao lado de Everaldo de Souza Aranda, ele competiu em provas de Ski Cross Country, uma modalidade de ski com rodinhas.

Neste ano, fez história. Ele  conseguiu índice para a disputa da próxima Paralimpíada de Inverno, na modalidade Para Cross Country, que vai acontecer na Coréia do Sul, em 2018.

Essa pode ser a primeira participação de um para-atleta de Jundiaí na competição.

A marca foi conquistada no começo deste ano na primeira etapa da Copa do Mundo de Para Cross Country na Neve, na cidade ucraniana de Lviv.

Thomaz participou das provas de Distance com 7,5 km e 20 km e de Sprint com 1,5 km, na qual atingiu a pontuação de 118,3, o que lhe garantiu a vaga.

Tosim é bicampeão Paranpan-Americano (2011 -2015), campeão mundial em 2014 e duas medalhas olímpicas: prata em Londres em 2012 e bronze no Rio em 2016

Os jogos

Os Jogos serão disputados de 20 a 25 de março na capital paulista.

Onze modalidades serão disputadas no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, inaugurado em maio de 2016. Apenas o tênis em cadeira de rodas terá as partidas no clube Esperia.

Ao todo, são 174 esportistas das 12 modalidades disponíveis no programa.

Além dos competidores, a delegação ainda conta com 79 oficiais e oito acompanhantes, chegando ao número de 261 pessoas na missão.

Há quatro anos, em Buenos Aires, o Brasil liderou o quadro geral dos Jogos Parapan-Americanos, com 209 conquistas, sendo 102 de ouro, 65 de prata e 42 de bronze.