O jundiaiense Thomaz Ruan de Moraes, de apenas 15 anos, não cansa de subir ao lugar mais alto do pódio nos Jogos Parapan-Americanos de Jovens, disputado em São Paulo.

Um dia depois de faturar a medalha de ouro nos 100m rasos, o atleta do Peama (Programa de Esportes e Atividades Motoras Adaptadas) conquistou o primeiro lugar no salto em distância. Ele atingiu a marca de 5,29m para conquistar o ouro.

“Não tenho palavras para descrever. É minha primeira competição internacional no atletismo e já pego dois ouros justamente em uma prova no Brasil. Estou muito feliz”, disse Thomaz em entrevista ao Torcida Jundiaí.

Thomaz recebeu na manhã desta quarta-feira a medalha de ouro dos 100m rasos conquistada na última terça-feira. A premiação do salto em distância acontece nesta quinta-feira pela manhã.

“Quero dedicar estas medalhas para minha mãe (Marinete Gomes) e para minha técnica (Thais Saito). Elas se dedicaram muito para eu chegar até aqui.”

O atleta tem a chance de conquistar mais uma medalha nesta quinta-feira, quando disputa a prova dos 400m.

Thomaz recebeu na manhã desta quarta-feira a medalha de ouro dos 100m rasos conquistada na última terça-feira.

Na neve

Thomaz não cansa de fazer história. Thomaz, que nasceu com uma má formação no braço direito, já é destaque não só nas pistas. Na neve ele dá show.

Em 2015, ele participou do Riderweek, em Beitostolen, na Noruega. Ao lado de Everaldo de Souza Aranda, ele competiu nas provas de Ski Cross Countruy, uma modalidad de ski com rodinhas.

Neste ano, fez história. Ele conseguiu índice para a disputa da próxima Paralimpíada de Inverno, na modalidade Para Cross Country.

A competição acontecerá na Coréia do Sul em 2018. A marca foi conquistada no começo deste ano na primeira etapa da Copa do Mundo de Para Cross Country na neve na cidade de Lviv, na UIcrânia.